Postagem em destaque

Felipense não resiste e morre após colidir em veiculo no município de Apodi, RN.

Foto arquivo pessoal. Um acidente de proporções graves aconteceu no final da tarde desta segunda-feira 10, na RN que liga o distrito d...

Homicídio 86º/87º Homicídio em Mossoró 2018: Dois homens foram mortos a tiros em um espetinho no Bairro Costa e Silva

Dois homens foram mortos a tiros, na noite deste sábado 21 de abril de 2018, em um espetinho localizado as margens da BR 110 ao lado do Restaurante Tenda no Bairro Costa e Silva em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte
As vítimas,Tiago de Lima Rodrigues, "Tiaguinho", (Camisa preta), 25 anos, morador do Pirrichil e Marcos Leonardo "Marquinhos", morador da região do BH.
Segundo informações, repassadas pela Polícia Civil, Marquinhos chegou no espetinho em companhia de um amigo e se dirigiu até mesa onde Tiaguinho estava sentado com a mulher. Marquinhos teria anunciado um suposto assalto, mas sem que houvesse reação por parte de Tiaguinho, abriu fogo contra o rapaz que foi atingido com cerca de 8 tiros de pistola calibre 380, a maior parte na cabeça.
Após matar Tiaguinho e quando tentava deixar a cena do crime, Marquinhos foi surpreendido por um popular, que estava no local e reagiu atirando contra  contra ele. Marcos Lenardo foi baleado e morreu no local. Segundo a polícia o amigo dele conseguiu fugir e possivelmente tenha saído alvejado.
A equipe da perícia criminal encontrou uma pistola calibre 380 ao lado do corpo de Marcos Leonardo e recolheu várias capsulas de calibres 380 e ponto 40 que ficaram espalhadas na cena do crime.
No momento do tiroteio, havia muita gente no espetinho, e por pouco muitas pessoas não saíram feridas. Os delegados de Plantão Dr. Roberto Moura e da Delegacia Regional, Dr. Dênys Carvalho, acompamharam o trabalho da perícia criminal no local dos crimes.
Os dois corpos foram recolhidos e encaminhados a Unidade regional do ITEP onde serão examinados e depois liberados para os familiares providenciarem velórios e enterros.
Mossoró contabiliza Oitenta e Sete (87) homicídios neste ano de 2018. As investigações ficarão a cargo da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
  Fonte Fim da Linha

Nenhum comentário