Crediarista é morto a tiros no Aeroporto em Mossoró

O crediarista Jesson de Oliveira Souza, “Xoxota” de 29 anos de idade, foi morto a tiros, num crime que a polícia não descarta a possibilidade de briga pelo comando do tráfico de drogas na região.
Segundo informações de populares, a vítima e um irmão, se envolveram numa desavença no bairro a passaram a ser ameaçados de morte. Os inimigos prometeram que pegariam “Xoxota” ou o irmão dele, que para não ser morto, foi embora para São Paulo e teria voltado ontem, pra Mossoró.
Na tarde de hoje, elementos num carro tipo EcoSporte teriam sido vistos saindo do local, logo após o crime.
A polícia fez o isolamento do local para os procedimentos da equipe de plantão no Instituto Técnico e Cientifico de Pericia, Itep, Unidade Regional de Mossoró, para onde o corpo foi removido e será necropsiado.
Fonte O Câmera

Nenhum comentário