Postagem em destaque

Um elemento morre e outro é preso após confronto com a Polícia em Mossoró.

A ocorrência foi registrada por volta das 04h30min deste sábado 15 de dezembro de 2018, na Avenida Rio Branco no Bairro Santo Antônio em ...

Polícia Civil de Apodi prende homem suspeito de participar de esquartejamento contra idoso


Uma ação conjunta entre policiais civis de Apodi e o Grupo Tático Operacional (GTO) prendeu, na tarde desta terça-feira (13) na cidade, Maykon Kelly da Silva, 30 anos, suspeito de ter participado do esquartejamento de Augusto Fernandes de Freitas, 71 anos, na noite da última sexta-feira (09) em Apodi.

Segundo investigações, duas mulheres identificadas como respectivas mãe e filha, Francisca e Kassandra, que seriam prostitutas, estavam na residência do idoso, e teriam decidido subtrair os seus bens, matando a vítima, e esquartejando a mesma ao meio, colocando partes de seu corpo em grandes bacias de propriedade de Maykon.

Após o crime, elas teriam ainda, com a ajuda do suspeito, levado os pedaços do corpo até uma casa abandonada localizada na zona urbana da cidade, e incendiado os mesmos. Maykon, que convivia com uma das mulheres que participaram do homicídio, confessou o crime e revelou que a vítima foi morta por asfixia. Augusto Fernandes estava desaparecido desde a última sexta-feira, quando a família do mesmo compareceu à delegacia nesta terça-feira para denunciar um provável roubo sofrido pelo idoso, pois todos os móveis de sua residência haviam desaparecido.

As mulheres suspeitas pelo homicídio e Maykon foram vistos em imagens de câmeras de segurança, levando grandes bacias enroladas em redes até a residência onde as partes do corpo da vítima foram encontradas. 

O suspeito foi autuado pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver, sendo preso e encaminhado ao sistema prisional. A Polícia Civil solicita que quem tiver maiores informações acerca de Francisca e Kassandra, informar anonimamente através do Disque-Denúncia, 181, ou através do telefone 3333-2737.
 Fonte Por Trás das Grades. 

Nenhum comentário