Postagem em destaque

Vaqueiro de 61 anos é executado a tiros em mossoró, oeste do RN.

Via publica onde o vaqueiro foi executado a tiros/ Fotos Reprodução. Crime de homicídio registrado no inicio da tarde desta sexta feir...

Segundo suspeito de participar de tiroteio que matou PM é preso no CE

Policial Hudson (Foto: Arquivo pessoal)


O segundo suspeito de envolvimento no tiroteiro que baleou e matou o soldado da Polícia Militar, Hudson Danilo Oliveira, em Jaguaretama, no interior do Ceará foi presto neste domingo (10). Segundo a PM, o suspeito foi encontrado em uma casa na zona rural do município de Solonópole.

Ainda de acordo com a PM, Raimundo Nonato Martins, 30 anos, foi conduzido à delegacia municipal de Jaguaretama, onde prestou depoimento e confessou ter participado do crime. A polícia segue nas buscas por um terceiro envolvido na morte do policial.

Velório e enterro serão no RN

O corpo do soldado da Polícia Militar, Hudson Danilo Lima Oliveira, 26 anos, será velado e sepultado em Apodi (RN), cidade natal dele. O policial estava internado no hospital de emergência Instituto Dr. José Frota (IJF), eteve morte encefáica confirmada na manhã de sábado (9).

Segundo a Polícia Militar, o corpo do soldado foi levado na tarde deste domingo (10) para a Perícia Forense do Ceará, onde passa por uma necrópsia. "Após os trâmites burocráticos, ele será levado para Apodi, onde o velório está marcado no Ginásio de Esportes Wilson Custódio", afirmou a tenente Elisângela Feitosa, relações públicas da PM.

Ainda de acordo com a PM, o sepultamento está marcado para as 16h desta segunda-feira (11), no Cemitário Parque da Saudade, também em Apodi. Hudson era natural de Apodi (RN) e filho do vereador do município potiguar Laete Oliveira. O jovem estava casado há menos de um ano.

O crime
O PM foi chamado para uma ocorrência de assalto na última quinta-feira em uma fazenda de Jaguaretama, município localizado a 239,1km da capital. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), houve troca de tiros quando o soldado chegou ao local.

Ele foi baleado na cabeça e socorrido e encaminhado de helicóptero da Coordenaria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) para o IJF, onde ficou internado em estado grave.

Suspeito preso
A Polícia Militar do Ceará descobriu fotos de um arsenal no celular do suspeito de atirar no policial em Jaguaretama. Com as fotos e informações no aparelho, a polícia localizou e prendeu o suspeito na noite desta sexta-feira (8). Segundo a PM, o celular caiu durante uma fuga, após um assalto na zona rural do município, após a chegada de policiais ao local.

Ainda de acordo com a PM, as fotos no celular do suspeito revelam que ele tinha acesso a um "arsenal de guerra", incluindo dois fuzis AK-47, coletes à prova de bala, munição, pistolas e roupas parecidas com as usadas por policiais.

G1 CE

Nenhum comentário